segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

domingo, 2 de dezembro de 2018

MEDALHA ALDO CHIORATTO



DECRETO Nº 62.809, DE 25 DE AGOSTO DE 2017 

Dispõe sobre a oficialização da Medalha "Aldo Chioratto" evocativa à participação dos Escoteiros do Brasil na Revolução Constitucionalista de 1932, instituída pelo Núcleo M.M.D.C - Atibaia "Soldado Bento Soares" 

GERALDO ALCKMIN, GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO, no uso de suas atribuições legais e à vista da manifestação do Conselho Estadual de Honrarias e Mérito,  
Decreta: 
Artigo 1º - Fica oficializada, sem ônus para os cofres públicos, a Medalha “Aldo Chioratto” evocativa à participação dos Escoteiros do Brasil na Revolução Constitucionalista de 1932, instituída pelo Núcleo M.M.D.C - Atibaia “Soldado Bento Soares”, nos termos do regulamento que acompanha este decreto. 
Artigo 2º - Este decreto entra em vigor na data de sua publicação. 
Palácio dos Bandeirantes, 25 de agosto de 2017 
GERALDO ALCKMIN 
Samuel Moreira da Silva Junior 
Secretário-Chefe da Casa Civil 
Saulo de Castro Abreu Filho 
Secretário de Governo
Publicado na Secretaria de Governo, aos 25 de agosto de 2017. 

REGULAMENTO DA MEDALHA “ALDO CHIORATTO”
 a que se refere o artigo 1º do Decreto nº 62.809, de 25 de agosto de 2017 

Artigo 1º - A Medalha “Aldo Chioratto” evocativa ao Movimento do Escotismo Brasileiro na participação dos Escoteiros na Revolução Constitucionalista de 1932, instituída pelo Núcleo M.M.D.C - Atibaia “Soldado Bento Soares”, tem por objetivo galardoar personalidades civis, eclesiásticas e militares, instituições públicas e privadas, nacionais e estrangeiras, em especial os Escoteiros de todos os Grupos do País que contribuam para o engrandecimento deste Núcleo, ou prestem relevantes serviços à gente de Atibaia, de São Paulo e do Brasil e que sejam merecedores de especial distinção. 
 Artigo 2º - A Medalha “Aldo Chioratto”, é assim descrita: 
I - anverso: escudo redondo de blau (azul) de 28mm (vinte e oito milímetros), ao centro a efígie do menino Aldo Chioratto oitavada e voltada à destra, de ouro, orlada do mesmo, e com a seguinte inscrição em caracteres versais maiúsculos “NON MALE SEDIT QUI BONIS ADHAERIT” (chega-te aos bons e serás um deles); sobreposto à uma cruz de oito braços (cruz batismal) de 40mm (quarenta milímetros) de diâmetro, de blau (azul) e perfilada de ouro; 
II - reverso: de ouro (amarelo), contendo em relevo, as seguintes inscrições em caracteres versais maiúsculos, e figuras simbólicas, assim distribuídas: 
a) M.M.D.C.; 
b) ATIBAIA; 
c) SOLDADO BENTO SOARES; 
d) ALDO CHIORATTO; 
e) figura de uma estrela de cinco pontas e a data 05/10/22; 
f) figura de uma cruz latina e a data 19/09/32; 
g) em ponta uma “Flor de Lis”; 
III - A medalha pende do caule de uma “Flor de Lis” de ouro (amarelo), e esta de uma fita de gorgorão de seda chamalotada azul, de 38mm (trinta e oito milímetros) de largura, a fita tem em seu início um prendedor de medalha, retangular de ouro (amarelo) de 40mm (quarenta milímetros) de comprimento por 13mm (treze milímetros) de altura, ao centro a inscrição em caracteres versais maiúsculos: M.M.D.C. ATIBAIA, orlado por “Flores de Lis”, no centro da fita, uma placa de ouro (amarelo) com a inscrição em caracteres versais maiúsculos: “ALDO CHIORATTO”, tendo à destra e a sinistra uma “Flor de Lis”. 
§ 1º - Acompanhará a Medalha o diploma. 
§ 2º - O diploma terá as características e dizeres a serem estabelecidos pela Comissão de Medalhas do Núcleo M.M.D.C. - Atibaia “Soldado Bento Soares”, designada pela Diretoria, de que trata o artigo 3º deste regulamento. 
Artigo 3º - A Comissão de Medalhas, prevista no Estatuto Social do Núcleo M.M.D.C. - Atibaia “Soldado Bento Soares”, possui amplos poderes para decisão da concessão da condecoração de que trata este regulamento. Parágrafo único - A Comissão de Medalhas que trata “caput” deste artigo será regida por um Regimento Interno aprovado pela Presidência do Núcleo M.M.D.C. - Atibaia “Soldado Bento Soares”. 
Artigo 4º - A Comissão de Medalhas será composta pelo Presidente da Sociedade Veteranos de 32MMDC, que a presidirá, pelo Presidente Deliberativo, pelo Presidente Executivo e pelo Diretor de Medalhas, todos do Núcleo M.M.D.C. - Atibaia “Soldado Bento Soares”, podendo ser designados suplentes até o limite de dois. Parágrafo único - O Presidente da Sociedade Veteranos de 32 MMDC, em exercício, terá o voto de qualidade no caso de empate na votação. 
Artigo 5º - A Medalha “Aldo Chioratto” de que trata este regulamento será concedida pelos Presidentes Deliberativo e Executivo do Núcleo, em exercício. 
Artigo 6º - As propostas para a concessão da medalha serão dirigidas à Comissão de Medalhas do Núcleo, em formulário próprio e se farão acompanhar do “Curriculum Vitae” do proposto, bem como das razões que as justifiquem, devendo ser administrada por esta Comissão em conformidade com o estabelecido neste regulamento. Parágrafo único - A condecoração poderá ser concedida a título póstumo. 
Artigo 7º - A aprovação das propostas dependerá da maioria absoluta de votos na Comissão de Medalhas do Núcleo, “ad referendum” do Conselho Estadual de Honrarias e Mérito. 
Artigo 8º - Os diplomas, acompanhados do “Curriculum Vitae” do indicado, serão encaminhados ao Conselho Estadual de Honrarias e Mérito para deliberação e registro. Parágrafo único - A recusa do Conselho Estadual de Honrarias e Mérito em registrar o diploma, importará no cancelamento da indicação. 
Artigo 9º - A entrega da venera será feita quando aprouver ao sodalício, mas de forma solene, com vistas a valorizar o Núcleo M.M.D.C. - Atibaia “Soldado Bento Soares”. 
Artigo 10 - Perderá o direito ao uso de honraria recebida, devendo restituí-la ao Núcleo M.M.D.C. - Atibaia “Soldado Bento Soares”, juntamente com os seus complementos, o agraciado que por qualquer motivo venha a denegrir a imagem do M.M.D.C. e ou Sociedade Veteranos de 32, e tenha sido condenado, por Tribunal da Justiça Civil e ou Militar, ressalvada a sua defesa. 
Artigo 11 - Na hipótese da extinção dessa condecoração, no todo ou em parte, seus cunhos, exemplares e complementos remanescentes, serão recolhidos ao Conselho Estadual de Honrarias e Mérito, sem ônus para os cofres públicos. Parágrafo único - A medida de que trata o “caput” deste artigo, será determinada pela Comissão, por maioria absoluta dos votos de seus membros, comunicando-se ao Conselho Estadual de Honrarias ao Mérito.
Artigo 12 - O presente regulamento somente poderá ser alterado após submissão ao Conselho Estadual de Honrarias ao Mérito.

Apoio:

quarta-feira, 20 de junho de 2018

LANÇAMENTO DA MOEDA 
"ESCOTEIRO ALDO CHIORATTO"

Estarei retomando os concurso de redação junto aos Escoteiros e Colégio da PM, para tanto o Diploma de Honra ao Mérito Inocência Coragem e Civismo "Sempre Alerta", será acompanhado da Moeda "Escoteiro Aldo Chioratto"

frente da Moeda medindo 4 cm de diâmetro
confeccionada em bronze envelhecido


Verso

sexta-feira, 1 de junho de 2018

HINO DO ESTADO DE SÃO PAULO
Também conhecido como Hino dos Bandeirantes


Instituído pela Lei nº 337, de 10 de junho de 1974, que revoga o artigo 3º da Lei nº 9854, de 2 de outubro de 1967, determinando o poema Hino dos Bandeirantes, de autoria de Guilherme de Almeida.


sábado, 7 de abril de 2018

 "VOLUNTÁRIOS DE PIRATININGA" 




Fotografia tirada em Julho de 1932 em São Luis do Piratininga/SP.

O terceiro da esquerda para a direita e agachado é o Voluntário Rogério Nóbrega, nascido em 8 de outubro de 1904 faleceu em 1947.
A Metralhadora que a parece na foto é uma Ponto 50, com comunicador.

Essa foto foi entregue à Sociedade Veteranos de 32-MMDC em 6 de abril de 2018, por Ricardo Pires de Campos  tio do Voluntário Rogério Nóbrega.